Friday, March 10, 2006

Poema de «Contagem de Estrelas»

Contagem de Estrelas, poesia evangélica, 1996 , 5,00€
Pedidos através de jtparreira@hotmail.com




Poesia de Jacob depois do sonho

«Mas depois deste sonho sou obrigado a cantar»
Ruy Belo

Mas depois deste sonho sou obrigado a cantar.
Tanto trabalho para erguer riquezas
gados inúmeros à espera das tardes
ovelhas agitando o chão.
Depois deste sonho sou obrigado a mudar
o coração. Caminhar sozinho
pelo terrível chão,
o Senhor brande sem vento este lugar.
E depois deste sonho, as planícies
em Canaã, e um pássaro em cada
ramo das minhas árvores.

1 comment:

Ana Maria said...

Olha João eu não vou comentar este belo poema por não haver palavras existentes para demonstrar o que senti ao lê-lo.
muito obrigada e um grande jinho