Saturday, August 22, 2009

A morte dos outros

Simone de Beauvoir escreveu um romance capital sobre as revoluções, os que mandam à frente os outros e acabam por sofrer da culpa do sangue que os outros derramam. É o Sangue dos Outros.
Ontem na praia Maria Luisa, foi a morte dos outros que aconteceu. Dentro da nossa capacidade de percepção, dentro da nossa redoma de vida, o que conhecemos da Morte é que Ela é sempre a do outro! É nesta perspectiva que sempre A podemos ver: "Não, não foi aqui. Foi em Albufeira." A Morte é sempre em outro lugar.

Isto vem a propósito da crónica que o meu amigo Jacinto Lourenço escreveu no seu blog. Aqui